Páginas

domingo, 19 de maio de 2013

Como semear feijão em alfobre

Já tinha semeado e plantado na horta 60 pés de feijão, mas deram-me mais alguns e lá teve de ser.

Desta vez são mais dois tipos de feijão, 1 é riscado e já tinha semeado o ano passado (um bom feijão para comer em verde ou seco) e o outro é do rasteiro (não faço ideia como é).

Verifiquei a lua, estamos em quarto crescente e ainda por cima a lua está em Leão (signo de fogo) o ideal para semear feijão e plantas de fruto como o tomateiro, pimenteiro, courgettes, abóbora, pepinos, etc., por isso ontem coloquei de molho em água, as sementes, não é obrigatório, mas adianta a germinação nem que seja só 1 dia.
De molho em água após 20 horas, no feijão riscado podemos ver  uma série de feijões furados por bichos, naturalmente estes são para deitar fora, mas vêem-se muito melhor os furos depois de estar de molho.
Tabuleiro lavado, desinfectado com lixívia e seco já.
Preencher o tabuleiro com substrato de germinação de boa qualidade, os feijões são grandes e precisam de alimento rapidamente, usei uma turfa excelente da gramoflor com pH neutro.
Uso um bocado de madeira para apertar a terra nos buracos do tabuleiro, quanto mais  adequado for o seu tamanho menos trabalho dá.
Pressiono ligeiramente para acamar a terra.
Outra boa ideia é usar outro tabuleiro igual para pressionar, fica com este aspecto.
Colocar os feijões no centro de cada buraco.
Cobrir com terra, pode pressionar-se levemente com a madeira ou outro objecto que de jeito para isso.

Etiquetar.

Regar de modo a humedecer o substrato mas sem encharcar muito, esta humidade tem de ser mantida sempre até à germinação, de preferência usar água da chuva ou água da torneira que tenha ficado a repousar para o cloro evaporar, tenho sempre um recipiente com água da chuva para as sementeiras.

Agora é esperar meia dúzia de dias, talvez um pouco mais para que as plantas nasçam. Não esquecer de manter o substrato sempre húmido e em local abrigado de modo a manter uma temperatura mais ou menos homogénea entre a noite o dia, os feijões não precisam de luz para germinar e gostam de uma temperatura por volta dos 15-17º.
Quando tiverem folhas verdadeiras podem ser mudados para a terra ou quando virmos que os buracos do tabuleiro já são pequenos para a raíz, de preferência transplantar quando a lua estiver de feição.
Depois colocarei mais informação neste post quando eles nascerem.

6 comentários:

Lisete disse...

Olá, mistura terra com turfa? É para manter a humidade mais tempo? coloquei hoje feijão rasteiro de molho para depois seguir as suas indicações. Como não tenho terreno as experiencias ficam pela varanda. Tenho 6 especies diferentes de tomate e estão com muito bom aspecto e já com flor. Estou muito entusiasmada, só espero que resulte.
Parabéns pela sua bela horta

João Gomes disse...

Olá Lisete

Aqui usei só turfa mas é muito boa para isto.
Vai ver que vai ter sucesso com a sua sementeira, mas os vasos têm de ser grandes e a terra boa.
Que variedades de tomate tem?
Obrigado
Cumprimentos
João Gomes

Lisete disse...

Olá João,
As sementes que tenho foram oferta de uma senhora que vive no Brasil, não sei se os nomes correspondem a variedades conhecidas, mas aqui vai: Black Plum, Krim Preto, Yellow Striped Boar, Johannisbeere amarelo, tomate tres contos, tomate do vizinho Ruppenthal e tomate caseiro brasileiro. Estou agora a vêr que não semeei todos e repeti dois por achar que são de tamanho mais pequeno, portanto mais apropriado as minhas limitações.
Cumprimentos
Lisete

João Gomes disse...

Olá Lisete.
Os Black Plum e os Krim Preto são bons, já li sobre eles mas nunca provei, os outros não conheço.
Se quiser fazer um intercâmbio para o ano podemos trocar algumas variedades.
Os Black Plum, Krim Preto e os Yellow Striped Boar são tomateiros indeterminados, vão precisar de canas, as outras variedades não sei, o ideal para vasos são os tomateiros determinados (pode ver aqui a diferença - http://narizadentro.blogspot.pt/2011/12/tipos-de-tomateiro.html).
Mas dão na mesma, porque também já tive tomateiros indeterminados em vasos e tive bons tomates, vá dando-lhes alimento orgânico com regularidade e ir eliminando os ramos ladrão.
Por causa da turfa do post anterior esqueci-me de lhe dizer para ter cuidado com a turfa, esta que eu usei da gramoflor tem pH neutro e é óptima mas eu já tinha experimentado antes com bons resultados, há turfa à venda extremamente ácida que já experimentei e queima tudo, mesmo no transplante, queima as raízes das pequenas plantas, eu por norma uso siro-germ da Siro, custa 6 euros e qualquer coisa, um saco de 70 litros, que é excelente em todas as circunstâncias.
Obrigado
Cumprimentos
João Gomes

Lisete disse...

Olá João,
Agradeço desde já as dicas, claro que são mesmo muito úteis para quem nada percebe do assunto. Ainda tenho algumas sementes dos tomates que semeei e penso que este ano já não me meto noutra. No dia 17/5 ainda semeei algumas para oferecer a uns amigos já germinadas e já estou a ver pontinhos verdes na terra. Se estiver interessado posso oferecer as que quiser, não são muitas mas são de boa vontade. Isto porque não tenho a certeza se vou obter grandes resultados e receio que depois as sementes dos novos tomates não sejam de grande qualidade. Pelo menos estas são de pessoa com muita experiencia e aqui para nós que ninguém nos ouve, até demasiado fundamentalista em questões de produtos organicos etc etc.
Cumprimentos
Lisete

João Gomes disse...

Olá Lisete.
Agradeço-lhe a oferta, mas este ano já tenho a minha pequena horta povoada ou destinada a outras coisas, já tenho mais de 50 tomateiros, o que é um exagero mas tenho sempre dificuldade em decidir que variedades ponho e que variedades deixo de fora e acabo sempre por ter demasiados.
Mas para o ano sim, gostaria muito de experimentar essas variedades, se quiser posso enviar-lhe também sementes ainda este ano, o que acha? Tem espaço?
Guarde bem essas sementes deste ano, bem acondicionadas, onde não apanhem muito calor nem humidade, eu guardo as minhas em caixas plásticas herméticas e duram 2 ou 3 anos.
E claro que vai ter tomates bons para tirar semente, os tomateiros são plantas que gostam de agradar, :) e pelo gosto que noto em si pelas plantas, elas vão de certeza retribuir-lhe.
Saudações hortícolas
João

...Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que acha deste blog?