Páginas

terça-feira, 4 de junho de 2013

Como cultivar Kale


Kale é um vegetal da família das brassicas (família da couves) e é uma couve de folhas, não forma cabeça, julga-se estar muito próxima da couve silvestre que originou todas as outras couves conhecidas.

Este vegetal gosta de tempo frio, é resistente a temperaturas negativas (até -7º C) e o seu sabor fica bem melhor se apanhar mais frio que calor. Acima dos 26º C as suas folhas ficam com sabor amargo.
De acordo com a variedade, tem um período de maturação de 45 a 75 dias e existem diversas variedades, de folha crispada, lisa, curta, comprida, verde clara, escura ou mesmo preta, etc.

Esta planta é bienal, o que quer dizer que dá sementes de 2 em 2 anos, mas no nosso clima comporta-se como anual.

Se se plantar no fim do outono deve colocar-se num lugar onde apanhe sol pleno, se se plantar na primavera deve plantar-se num local em sombra parcial, gostam da companhia de beterrabas, ervas aromáticas, cebolas e batatas mas não apreciam a companhia de tomates, feijões ou morangos.

O solo deve ser bem drenado, húmido (mas não encharcado), ligeiramente fertilizado, adora azoto e dá-se melhor em solo com pH entre os 5,5 e os 6,8. Solo muito argiloso prejudica o sabor do Kale.

É uma planta muito resistente mas mesmo assim pode sofrer ataques de lagartas, caracóis, mosca branca entre outra bicharada.

As folhas aguentam uma semana no frigorífico e são um rico complemento vitamínico para qualquer refeição, podem ser usadas da mesma forma que as couves.


Pela foto pode ver-se como é a terra deste canteiro, árida e difícil mas os kale crescem sem grandes problemas e nem sequer lhes dou muita água.

Pormenor de um Kale, está com muito bom aspecto meio na sobra.

4 comentários:

Rui Esteves disse...

Boa tarde,

Gostava de perguntar se dá para fazer caldo verde com essas folhas e se é aconselhável levar chouriço de colorau ?
Obrigado.

Cumps

João Gomes disse...

Boa noite amigo
Claro que dão para caldo verde, até para caldos de outras cores, tudo depende do tempo de cozedura, ahhahahah.
Quanto ao chouriço de colorau já é outra história, aconselho o de vinho,tenho uma planta que dá muitos, chama-se chouriceira e chega a dar 2 vezes por ano, em anos bons, claro. hahahhaha
Se quiseres mando-te sementes!
Abraço
João

Jardineiro do Rei disse...

Amigo João

Há um tempo que não vinha a este blogue. Estou a ver que tenho perdido ensinamentos importantes. Fiquei surpreendido com esta variedade de couve de nunca tinha ouvido falar. Espectacular!

Um abraço

João Carlos

João Gomes disse...

Viva Amigo João

Gosto em vê-lo por aqui. Obrigado pelo comentário.
Abraço
João

...Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que acha deste blog?