Páginas

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Feijão Rainha Púrpura

Este ano aumentei o número de pés de feijão a colocar na horta, confesso que cultivar feijão não me diz muito, só pelas couves demonstro menos consideração, e não é pelo trabalho que dá a cultivar mas pela seca que me dá colhê-lo. Não consigo perceber porquê, a verdade é que até gosto bastante de comer feijão verde cozinhado de diversas formas.

Odeio também colher ervilhas, favas, espinafres, grelos e sei lá que mais, mas este ano resolvi semear e plantar 68 pés de feijão, de 2 variedades, ambas rasteiras, ambas geram lindas flores e ficam tipo pequenas árvores que embelezam qualquer horta.

Uma das variedades é o Feijão Rainha Púrpura, que já habitou, em pequenas quantidades, a minha horta no ano anterior, extremamente produtivo e muito tenro, gera vagens curtas e arredondadas de cor roxa que depois de cozinhadas ficam verdes como as outras, é pena, seria bonito ficarem roxas depois de cozidas mas pronto não pode ser tudo como a gente quer. A outra variedade fica para outro post.







Com se pode ver nas fotos, alguns pés têm piolho, esses bichinhos pretos que prejudicam bastante a plantas caso alastrem, por norma removo-os à mão ou dou-lhes uma esguichada de água que até andam pelo ar, esta da esguichada de água aprendi com as minhas vizinhas que nunca têm piolho no feijão, regam sempre com aquelas ponteiras em que água sai a alta velocidade e o pulgão é expurgado a alta velocidade e vai parar sabe-se lá onde, se calhar vai parar aos meus pés de feijão, ehehhe!


2 comentários:

Sansoni7 disse...

Olá

Pois é....

Feijão rasteiro mas devidamente amparado; não falha nenhum pormenor, amigo.

Gostei da esguichadela do pulgão com água e a propósito, ontem vi na loja do Chinês um pelverizador manual que se adapta a qualquer gargalo de garrafa de 1.5 litros. Fiquei tentado a comprar um...para esguichar o pulgão...LOL

Cumprs
Augusto

João Gomes disse...

Viva Augusto, não tinha visto este comentário.
Não é a solução mas resulta temporariamente e enquanto o pulgão cai da planta e volta a subir sempre descansam os feijões, ehehehe.
Abraço
João

...Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que acha deste blog?